Buscar
  • Minha Cesta

Descubra o projeto Força Feminina

Atualizado: 4 de mar.


Mosaico de fotos do projeto força feminina apresentando as ações promovidas pelo mesmo nas instalações e nas igrejas
Fonte: Projeto Força Feminina

A missão e a história...


O Projeto Força Feminina é uma instituição social de caráter pastoral cuja missão é aproximar-se, compreender, acolher e acompanhar as mulheres em situação de prostituição de maneira a colaborar no processo de conscientização e inserção cidadã.

As Irmãs Oblatas chegaram à Bahia, em Juazeiro no ano de 1981, a pedido do então Bispo Dom José Rodrigues para desenvolver o trabalho na Pastoral da Mulher. Posteriormente, as Irmãs Oblatas chegam também em Salvador, em 1997, no Bairro do Lobato e se inseriram em um trabalho de Cebs. A partir daí, iniciam o processo de aproximação das mulheres em situação de prostituição com o intuito de conhecer a realidade, assim como, iniciar um trabalho reconhecendo as pessoas que poderiam contribuir nesta ação, grupos, organizações ou Instituições que estivessem já realizando este trabalho. Deste movimento nasce o Projeto Força Feminina que se inicia em 1998 com um grupo de Religiosas do Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor e voluntárias que começaram a desenvolver atividades artesanais e sócio educativas nos espaços concedidos pelas Igrejas São Francisco e Conceição da Praia.

A partir das observações aos locais de prostituição, foi possível realizar a sondagem com o intuito de conhecer a realidade das mulheres no Centro Histórico bem como suas aspirações e perspectivas.

Por meio destes contatos construiu-se uma relação amistosa de algumas mulheres, realizamos um levantamento de suas demandas e uma delas foi a abertura de um espaço para acolhida destas. No ano de 2000 foi inaugurada oficialmente a sede do Projeto Força Feminina que desde então busca melhorar sua atuação e intervenção junto ao público alvo.


Equipe


A direção é realizada pela Maria Florinda Fiorese que conta com auxílio de uma equipe de coordenação, assistência social, educadoras sociais, religiosas e serviços gerais. Além da prestação de serviços de psicólogas.


Voluntariado:


O projeto aceita voluntários nas áreas de Assistência Social e Psicologia.


Atendimento:


O Projeto Força Feminina desenvolve seu trabalho baseado em uma proposta pedagógica organizada e planejada em processo concebida em quatro etapas: Aproximação da realidade, Formação e cidadania, Organização (perspectiva da Economia solidária) e Seguimento, que ocorrem de maneira gradual e articulada. Atualmente atende cerca e 30 mulheres semanalmente e já prestou auxílio a mais de 9.000 mulheres ao longo da sua existência.

Através das visitas aos locais de prostituição (ruas, bares, praças e boates), da acolhida e escuta empática, dos serviços oferecidos – como oficinas, apoio a geração de renda, cursos profissionalizantes, suporte terapêutico, encaminhamentos sociais e encontros formativos - o Projeto Força Feminina se aproxima da realidade das mulheres construindo assim laços de confiança e respeito. Diversas estratégias são utilizadas a fim de que estas mulheres se apropriem de suas vidas, conheçam os recursos da comunidade, tornem-se cidadãs, cresçam em socialização e consciência crítica e construam-se enquanto sujeito social e político.


Duas componentes da equipe do projeto força feminina na ação promovida em um shopping para a doação de insumos
Fonte: Projeto Força Feminina

Atividades:


Os projetos internos são;

- Abordagem; ida aos locais de prostituição

- Atendimento direto na unidade; rodas de conversa e terapias holísticas, atendimentos individuais em psicologia, encaminhamento a rede de assistência social, entrega de preservativo, orientação, entrega de cestas básicas, produtos de limpeza e higiene pessoal

- Sensibilização social, defesa e garantia de direitos

- Institucional

- Formação continuada e grupo terapêutico


Principais Ações Comemorativas:


Carnaval Social, Webnários/Seminários (julho das pretas e novembro negro), Ciranda (reflexões temáticas com parceiros) e comemoração de datas festivas com as assistidas na sede.


Horário de Funcionamento:


Funciona de segunda a sexta das 08h as 17h;

Recebem visitas no turno matutino.


Equipe do projeto força feminina reunida na sede do projeto
Fonte: Projeto Força Feminina

Como a Instituição se mantém:


Através de recursos próprios, doações de parceiros e pessoa física, participação em editais.


Quais as maiores necessidades nesse período?


Alimentação e produtos de higiene pessoal.


Por que precisamos do seu apoio:


"As múltiplas demandas trazidas pelas mulheres (uso e tráfico de drogas, conflitos familiares, furto, violências praticadas por clientes e donos de hotéis onde os programas são realizados, falta de políticas de atendimento no âmbito da saúde, educação, moradia) exigem profunda reflexão e respostas concretas."


Botão de saiba como ajudar para fazer doações.

Entre em contato:


Telefone: (71) 33225432 / 98682-0868

Instagram: redeoblatabrasil

Facebook: Rede Oblata Brasil

Blog: https://ffeminina.oblatassr.org/








28 visualizações0 comentário